domingo, 29 de abril de 2012

Eternas Nuvens

Nem sempre estão associadas a tempestades, raios ou chuvarada sobre nossas cabeças. Ás vezes, estão lá, enfeitando nosso céu e nem as percebemos. E não precisamos ser navegantes ou meteorologistas para estudá-las. Depois que passamos a conhecê-las um pouco, criamos o hábito de contemplá-las, identificando-as, e arriscamos até uns palpites de previsão do tempo.
Há um vídeo interessante de Maria Clara Machado, sobre formação e tipos de nuvens:
http://www.youtube.com/watch?v=3X-BYp2gPFY&feature=fvsr

Hoje, por exemplo, dei uns bordos pelo Paranoá, e fiz uma parada para me divertir com o Sextante que comprei, empolgado pelos estudos de navegação astronômica, fui conferir a passagem meridiana do Sol, e calcular as coordenadas. Em breve, farei uma postagem sobre o Sextante.E, voltando ao assunto, na foto abaixo dá pra observar que lá no alto tem uma formação de nuvens cirrus e mais abaixo, uns fragmentos de stratocumulus.
Até a próxima!


quinta-feira, 26 de abril de 2012

Rosa dos Ventos

Quando pensamos em velejar, a primeira coisa que procuramos saber é como estará o tempo, vento a quantos nós e soprando de onde? Daí é só içar as velas e curtir o vento! Isso, falando de uma velejada de domingo, é claro. Lembro de quando eu nem imaginava em ingressar no mundo náutico, que um certo dia lá em Trindade, litoral do Rio, observei o Seu Antonio, velho pescador, comentando que estava entrando um vento susuéste. Eu fiquei intrigado, pois não tinha noção nenhuma dass direções do vento, e muito menos um susuéste. Hoje, depois de vários anos após esse episódio, me pego sempre observando a direção do vento. Então, pra quem não sabe, a direção do vento é de onde ele vem, e não pra onde ele vai, que nesse caso, estaríamos nos referindo ao rumo do vento.
Daí, pra saber de onde ele vem, ou seja, sua direção, temos que antes de tudo, sabermos onde estão os pontos cardeais principais (N,S,E,W), e observarmos através do movimento de algum objeto balançando pela força do vento, de que quadrante está vindo o vento.
A Rosa dos Ventos nos fornece os pontos cardeais, colaterais e subcolaterais, onde podemos identificar a direção do vento com um pouco de treino.

PONTOS COLATERAIS
NE    Nordeste     45º
SE     Sueste        135º
SW    Sudoeste    225º
NW    Noroeste  315º
________________________________________
PONTOS SUB-COLATERAIS
NNE    Nor-Nordeste    22,5º
ENE     Lés-Nordeste     67,5º
ESE      Lés-Sueste        112,5º
SSE      Su-Sueste         157,5º
SSW    Su-Sudoeste     202,5º
WSW   Oés-Sudoeste   247,5º
WNW   Oés-Noroeste  292,5º
NNW   Nor-Noroeste  337,5º


domingo, 22 de abril de 2012

Viva o Paranoá, nosso mar!

Paranoá é o mar de Brasília. Mar de água doce, de poucas praias. No entanto, suas praias são uma maravilha! Mas, o bom mesmo é velejar no Paranoá, com suas rajadas surpreendentes. Aqui o vento pega de surpresa. E tem vento pra todos os gostos. Tem vento pro pessoal da vela, tem vento pra turma do wind, e tem vento pra galera do Kite. E, quando não tem vento, a turma do Sup sai ganhando. O paranoá é estremamente democrático. É nosso maior patrimônio. Portanto, vamos preservá-lo. Vamos respeitar suas águas profundas, mansas e bravias. Vamos contemplar o pôr do sol, o nascer da lua. Viva o Paranoá!

Velejando no Paranoá:




segunda-feira, 16 de abril de 2012

Arrais amador - dicas e informações

Para quem quer se habilitar como Arrais amador, e não sabe por onde começar, vou deixar aqui umas dicas de estudo e orientações para inscrição junto à DPC (Diretoria de Portos).
No link https://www.dpc.mar.mil.br/ ,na coluna navegação amadora estão descritos os procedimentos atuais.
Em Brasília, o telefone da Capitania é 3429-1448. Esse é o modelo do Atestado que se pede:

                                  ATESTADO MÉDICO
                                        Atesto para fim de habilitação para condução de Esporte e Recreio que o Sr. ___________________________________________________________ portador do RG nº_______________________________ encontra-se em bom estado de saúde física, mental, auditiva e visual.
     _____________________, ____ / ________________/201
________________________________

                                              Assinatura e carimbo do CRM do Médico

 

Deixo aqui um link de uma apostila para arrais amador bem interessante, com o conteúdo que cai na prova e com questões resolvidas.

http://www.30mm.com.br/download/arrais/APOSTILA_ARRAIS_AMADOR.zip

Essa apostila realmente é muito boa. Mas no site da DPC tem também a bibliografia recomendada.

Bons estudos!

sexta-feira, 13 de abril de 2012

CURIOSIDADE SOBRE FUSOS HORÁRIOS

No livro COMO NAVEGAR PELO SOL, do cmte Geraldo Luiz Miranda, há um relato interessante sobre a Linha de Mudança de Data (situada nos extremos dos fusos de 180º , no pacífico). Quem navega de leste para oeste, deve aumentar um dia, ao cruzar essa linha. E, de oeste para leste, diminui-se um dia. Isto ocorre para que possamos manter a data correta, pois a cada mudança de fuso, adiantamos ou atrasamos uma hora, dependendo da direção em que se navega (para oeste, atrasamos uma hora a cada mudança de fuso e, para leste, adiantamos).
O relato é o seguinte:
Em 30/12/1899 o navio WARRIMOO navegava de Vancouver para Austrália. O comandante John Phillips calculou que poderia cruzar a interseção da LMD com o equador às 00:00. E assim, quando ele cruzou tal ponto às 00:00, o navio estava com a proa no hemisfério sul em pleno verão, e a popa estava no hemisfério norte no inverno. E, mais curioso ainda, na proa a data era 01/01/1990 e na popa, 30/12/1899, ou seja, a véspera de ano novo (31/12/1899) nunca ocorreu para os embarcados nesse navio. E, como podemos ver, nesse momento o navio se encontrava em dois dias diferentes, em dois meses diferentes, em duas direrentes estações, em dois anos diferentes, e pra completar, em dois séculos diferentes!

Curiosidade: Em 1522, após a circunavegação realizada por Fernão de Magalhães,o Papa Adriano VI acreditou que era possível voltar no tempo simplesmente atravessando a Linha Internacional da Data e chegou a propor sua proibição. Depois que lhe explicaram do que se tratava, Adriano VI compreendeu e aceitou a convenção. 

Bons Ventos!

Sugestões de links:
http://24timezones.com/

http://www.apolo11.com/tictoc/fuso_horario_mundial.php




Amizade sincera

 A Amizade sincera é um santo remédio, é um abrigo seguro. (Renato Teixeira)


http://diariodoavoante.wordpress.com/2012/04/12/o-comandante-mucuripe/#comment-2264

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Objetivos do Blog

Estou criando este blog para tentar contribuir um pouco com dicas de livros e fontes de estudo sobre navegação. Sou habilitado como mestre-amador e moro em Brasília, onde comecei a velejar há pouco tempo (2 anos). Portanto, não tenho experiência de velejar no mar, e pouco tempo de velejadas no Paranoá. Então, minha intenção não é ensinar a velejar, deixo isso pra outros mestres mais experientes. Aproveito para indicar meu amigo Nelson, grande professor da arte de velejar, que mora a bordo de seu veleiro Avoante e ministra curso de vela oceânica em qualquer lugar do Brasil. Visitem seu blog:  http://diariodoavoante.wordpress.com/.

Sou aficcionado pela arte da navegação. Atualmente estou estudando para a prova de Capitão-Amador, não simplesmente pelo fato de ter a habilitação, mas por me interessar cada vez mais pelos assuntos envolvidos nessa nobre arte. No entanto, meus sonhos e planos estão voltados para o Mar.

Pra encerrar, vou deixar aqui duas dicas de livros. Quando comecei a velejar e me interessar pela navegação, meu amigo e primeiro professor de vela, Mardônio, me recomendou o livro NAVEGAR É FÁCIL,  do cmte Geraldo Luiz Miranda de Barros. Trata-se de um belíssimo livro para os que estão iniciando e para os já iniciados. É indicado pela Diretoria de Portos como fonte de estudo para as provas de Arrais e Mestre-amador.
Já o livro ROTEIRO COSTA LESTE, de Licio Maciel, é um livro rico em detalhes sobre cruzeiro oceânico, e nos fornece várias informações a respeito do trecho de Bertioga a Natal, inclusive com waypoints de lugares notáveis.

Bons Ventos e bons estudos!



terça-feira, 10 de abril de 2012

Início - Aos mestres jangadeiros

Quando decidi comprar meu primeiro veleiro já carregava comigo uma imensa admiração aos nobres Jangadeiros do Mucuripe. Então, não foi difícil pensar em um nome para o barco. E, somado a isso, sou fâ da canção de Fagner e Belchior. Hoje, criei este blog para ser um espaço destinado a tudo que se refira a Navegação. E, para começar, faço minha homenagem aos mestres jangadeiros, senhores do mar.

Essa é a gravação mais bonita de Fagner feita em 1973:



http://www.youtube.com/watch?v=BaPof5ritTg